Atendimento de pessoas que passaram por momentos de extremo estress como: acidentes, assaltos, seqüestros, estupros e demais situações decorrentes da violência urbana.

O que difere o estress pós- trauma do stress comum é a existência de um episódio desencadeador que marca a queda brusca da qualidade de vida do indivíduo, prejudicando seu rendimento de maneira evidente.

Uma série de ações de enfrentamento são propostas para que o paciente possa levar uma vida normal, com ou sem auxílio medicamentoso, oferecido por médico especialista.

O programa é de oito semanas e pode estender-se para o atendimento psicoterápico clássico se necessário.